Sábado, 25 de Maio de 2013

Plantas à venda para angarição de fundos destinados ao apoio a animais abandonados

Na próxima semana, será colocada aqui uma lista das plantas disponíveis (aromáticas e ornamentais) e respectivas dicas de cultivo. No caso das aromáticas, serão também indicadas as suas propriedades, usos e eventuais contra-indicações. 

Essas plantas estarão à venda na feira da Bagageira, junto ao Casino Parque Hotel.

 

Poderão ser feitas encomendas através do blog, mas as plantas terão de ser levantadas na feira seguinte ou, caso não estejam ainda em condições de venda, numa data a combinar.

Todos os "lucros" serão doados à ANIMAD, de modo a que esta associação e os seus colaboradores possam continuar a fazer o maravilhoso trabalho que têm vindo a desenvolver com criaturas abandonadas e que nada têm. Nem esperança.

 

Vamos todos ajudar. Eu ajudo fornecendo e preparando as plantas e as informações sobre elas. Vocês ajudam adquirindo-as.

Bem hajam.

 

Fátima Rocha

publicado por Fátima às 20:10

link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
|
Domingo, 10 de Maio de 2009

As rosas

Muitos consideram a rosa, a rainha das flores.

Com a vastissima variedade de flores que existem, de todas as formas, cores e perfumes, eu acho muito difícil eleger uma rainha entre elas.

Pelo menos com justiça.

 

Mas, rainha ou não, a rosa é realmente uma flor extraordinária.

Durante a maior parte do ano, a planta é modesta, feia até. Sem folhas, com espinhos, se não a conhecêssemos, ninguém diria que aqueles tronquitos agrestes desabrochariam em flores maravilhosas e perfumadas.

 

Não sou perita em rosas, nem percebo grande coisa das suas muitas espécies e variedade, mas tenho algumas já em flor.

 

 

 

 

 

 

 

 

Para quem diz que rosas não se cultivam em vasos, aqui está a prova do contrário.

Todas estas rosas (e mais algumas que ainda não floriram estão em vasos)

 

E agora, as trepadeiras, as únicas que estão directamente no solo.

Esta dá enormes rosas vermelho forte:

 

 

Um pormenor da flor:

 

E esta enche-se de cachos de rosas púrpura:

 

E estas são as flores, de perto:

 

Tenho outras quatro roseiras que, embora com botôes, ainda não desabrocharam.

 

Já tive uma roseira sem espinhos que dava flores pequeninas beje, sem perfume. Infelizmente, mesmo sem perfume o meu cão Romeu acho-a apetecível. Arrancou-a e roeu-a. Aí descobri uma grande serventia dos espinhos.

Se ela os tivesse, acho que o Romeu não tinha levado a proeza até ao fim.

Infelizmente, os espinhos não servem de nada contra umas lagartinhas verdes e irritantes que adoram comer as folhas.

Escondem-se na página inferior e destroem-nas completamente.

 

Como não uso venenos, caço-as à mão e dá uma grande trabalheira.

Mas as rosas, merecem-na.

publicado por Fátima às 20:29

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Quarta-feira, 1 de Abril de 2009

O jardim

Na Primavera, os jardins, por muito simples que sejam (como é o caso do meu) têm encantos muito especiais.

 

Uma das zonas de jardim com bromélias dependuradas nos troncos da trombeteira:

 

 

Eis um cantinho bem "endémico". As três plantas em primeiro plano são o gerânio da Madeira (de flores rosa), a estreleira (flores brancas) e a árvore é o folhado (Clethra arborea). Ainda é uma árvore pequenina, mas estou ansiosa para que se desenvolva e floresça. Produz uns cachos de flores brancas acampanuladas com um aroma delicioso e que atrai imensas abelhas.

 

 

A estreleira amarela que adora sol e água em abundância. Quando está satisfeita floresce sem parar.

 

 

As primeiras rosas:

 

 

O salgueiro-chorão:

 

 

O jasmim dos poetas:

 

Os jarros:

 

A urze de jardim:

 

As calancói:

 


 

 

 

As malvas:

 

 

O rabo de gato:

 

 

As glicínias:

 

As felícias:

 

A minúscula flor da barba de velho ou musgo espanhol:

publicado por Fátima às 20:07

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sábado, 28 de Março de 2009

Frutos de fim de Inverno

Por algum motivo pouco claro, algumas plantas cujos frutos amadurecem no Verão têm passado o Inverno a dar fruto. Em menor quantidade é certo.

 


 

O tomate de capucho

 


A pera-melão

Este fruto é deliciosamente refrescante e doce, mas para isso é necessária uma condição. Tem de amadurecer completamente na planta. Se for colhido pouco maduro é aguado e sem gosto.

 


 

O morango silvestre

 

 

O murto (mirtilo madeirense)

 


 

O maracujá-banana

 

 

Como também os frutos próprios da época:

 


 

A divina anona

 

 

 

 

As nêsperas

 

 

publicado por Fátima às 19:53

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 20 de Março de 2009

A sedução da Primavera

São perfeitamente sublimes as técnicas de sedução do mundo vegetal.

 

A Primavera ainda nem chegou e eis que cada planta se esforça por demonstrar o seu potencial para frutificar e se reproduzir.

 

Na cidade ou no campo, em jardins ou nas bermas das estradas, em terra fértil ou em rocha escalvada, a Vida impôe-se em todo o seu esplendor.

 

Completamente impotente para transmitir todo esse magnífico poder, vou tentar apenas dar uma humilde ideia de como algumas plantas comemoram a Primavera.

 

A Acacia mearnsii é uma infestante invasora  que preenche grandes áreas dos nossos espaços verdes e compete directamentes com as espécies endémicas e indígenas, de propagação menos fácil e crescimento mais lento.

 

Contudo, nesta época, como que a pedir desculpa, a acácia carrega-se de flores macias e enche o ar à sua volta  dum perfume inebriante


 

Eis outra infestante invasora à qual quase apetece perdoar pelo seu aroma delicado, o incenseiro (Pittosporum undulatum):


 

De perfume mais suave, mas nem por isso menos agradável, as árvores frutíferas não só nos presenteiam com a beleza das suas flores, como prometem a delícia dos seus frutos.

 

"Perco-me" muitas vezes na horta/pomar a deliciar-me com o panorama que me envolve:

 

 


 


As flores acima são do araçaleiro amarelo (Psidium cattleianum),

 


 

E estas da laranjeira (Citrus sinensis),

 


 

As rosadas flores do pessegueiro (Prunus persica) cobrem-no, ainda antes das folhas despontarem.

 

E a ameixoeira-brava (Prunus spinosa), qual imaculada noiva de branco, rescende o seu aroma sublime:

 


 

Embora um pouco menos precoce, a ameixoeira amarela (Prunus domesticus) também dá um ar de sua graça:

 


 

 

Mas entre as minhas árvores frutíferas, eis o meu mais recente "ai-Jesus":

 


 

Não ... retirem esse ar de desilusão.

Acham pouco exuberantes estas flores?!

Para mim são muito importantes. É a primeira floração da minha lichieira (Litchi chinensis)

Não sei se irão frutificar, mas a promessa aqui está ...

 

Também a mangueira (Mangifera indica) não produz flores tão espectaculares como isso, mas os seus frutos são deliciosos:

 


 

Outras plantas frutíferas, de menor porte, mas não menos maravilhosas, exibem-se igualmente:

 


 

O morangueiro bravo (Fragaria vesca), que tem vindo a florir e frutificar durante quase todo o ano, começou a esmerar-se na "produção".

 

E até as endémicas uveiras da serras (Vaccinium padifolium) teimam em desafiar os que garantem que não "se dão" a altitudes inferiores a 600 m:

 


 

Contudo, acho que estão um pouco confusas, pois tem estado a florir e frutificar quase ininterruptamente todo o ano.

 

Neste preciso momento tem flores em vários estádios, frutos verdes e até maduros.


 

Tal como o morangueiro bravo, a pera-melão (Solanum muricatum) também começou a "caprichar" na quantidade de flores:


 

 

Da mesma família da pera-melão, as Solanaceae, aqui está a espectacular flor do tomateiro de capucho (ou de saco, se preferirem) (Physalis peruvianum):

 


 

Na horta propriamente dita e jardim de plantas aromáticas, outras espécies comestíveis também demonstram a sua exuberância.

 

É o caso das chagas ou capuchinha (Tropaeolum majus)


 

Muitas pessoas maldizem o seu aroma (chamam-lhe também bufas-de-senhora) que consideram pouco agradável. O cheiro do alho e cebola também são.

Vejam as chagas como flores comestíveis com um sabor picante, mas agradável. Muito ricas em vitamina C e luteína (boa para a visão), as chagas enfeitam e compõem saladas.

São deliciosas.

 

Igualmente comestíveis são as flores da borragem (Borago officinalis). Contudo, por precaução, não se deve abusar do seu consumo e as grávidas devem evitá-las, uma vez que contêm alcalóides pirrolizidínicos que, em excesso ou por uso continuado,  podem provocar cirrose hepática, induzir o cancro do fígado e originar más formações nos bebés.

 

Assim como os cravos (Dianthus caryophyllus), cujas pétalas também se podem comer:

 


 


 

 

As "ervas" aromáticas estão mais aromáticas do que nunca.

Algumas já tinham começado a florescer timidamente, mas com a aproximação do términus do Inverno parecem ganhar novas forças.

 

As matricárias (Tanacetum parthenium e T. parthenium var. Snowball) saltam à vista:

 


 

 


 

As malvas aromáticas, como a malva noz-moscada (Pelargonium fragrans):

 


 

a malva-mentol (Pelargonium tomentosum):


 

 

e a malva-rosa (Pelargonium graveolens):


 

e a malva-limão (Pelargonium crispum):

 


 

floresceram, mas a sua beleza é incomparavelmente mais cheirosa.

 

O boldo-miúdo ( Pletrancthus neochillus), que tanto gosta de sol, exibe os seus chachos arroxeados:

 


 

Assim como o falso-boldo (Coleus barbatus):


 

 

O tomilho, segurelha para os madeirenses, (Thymus vulgaris) é um saboroso sonho para as abelhas:

 


 

Outro tomilho, o tomilho-limão (Thymus citriodora) é um pouco mais retraído na sua floração pré-Primavera:

 


 

 

Outras plantas de intenso aroma, como a erva-anis (Ocimum selloi) são mais modestas nas suas flores:

 


 

Parece ser característico do género Ocimum ter muito aroma, mas flores discretas. Aqui o estupendo alfavaca-cravo (Ocimum gratissimum), com o seu intenso perfume a cravinho:


 

Uma outra planta com flores humildes, mas doçura extraordinária é a estévia (Stevia rebaudiana):

 


 

As pequeninas flores brancas têm cerca de 0,5 cm de diâmetro, mas as suas folhas são 200 vezes mais adoçantes do que o açúcar.

 

 

A lindíssima e cheirosa alfazema da Madeira (Lavandula pinnata), endemismo da Macaronésia, também já apresenta as suas espigas roxas:

 


 

E o vibrante  vermelho do meu jardim de ervas aromáticas, fica por conta da salva-ananás (Salvia rutilans), com uma "mãozinha" dos cravos, claro.

 

 

 

Neste plano, é possivel ver a profusão de cores:

 


 

Continua ...

publicado por Fátima às 13:50

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sábado, 7 de Março de 2009

As minhas plantas ornamentais


 

Amor perfeito - Viola X wittrockiana

 

 (Foto actualizada em breve)

Avenca - Adiantum raddianum

 

 

Balsamina - Impatiens balsamina

 

 

Bromélia

 

 

Bromélia

 

Bromélia - Aechmea miniata var.discolor

 

Bromélia - Billbergia sp.

 

Bromélia - Guzmania sp.

 

 

Bromélia - Tillandsia cyanea

 

 (Foto actualizada em breve)

Bromélia

 

 (Foto actualizada em breve)

Bromélia

 
 

 

Campanula - Campanula X "Birch Hybrid"

 

Chifre de veado - Platicerium bifurcatum

 

  

Cravo - Dianthus caryophyllus

 

 

Cravo da sorte - Tillandsia aeranthus

 

 

 

Cravo da sorte - Tillandsia bergeri

 

 

Cravina - Dianthus barbatus

 

  

Dipladénia - Mandevilla splendens

 

 

Estreleira - Argyranthemum pinnatifidum (endemismo da Macaronésia)

 

 

 

 

Feto arbóreo - Sphaeropteris cooperi

 

 


 

 (Foto actualizada em breve)

Gardenia - Gardenia augusta

 

 

 

Gerânio da Madeira - Geranium maderense (endemismo da Madeira)

 

 

Glicínia - Wisteria sinensis

 

 

 (Foto actualizada em breve)

Hortênsias - Hydrangea macrophylla

 

 

 (Foto actualizada em breve)

Jacinto - Hyacinthus orientalis

 

 

Jarro verde - Zantedeschia aethiopica var, Green Goddess

 

 (Foto actualizada em breve)

Jasmim amarelo - Jasminum odoratissimum (endemismo da Macaronésia)

 

 (Foto actualizada em breve)

Jasmim chinês - Trachelospermum jasminoides

 

 (Foto actualizada em breve)

Jasmim de Inverno - Jasminum nudicaulis

 

 (Foto actualizada em breve)

Jasmim manga - Plumeria rubra

 

 

Jasmim de Madagáscar - Stephanotis floribunda

 

 

 (Foto actualizada em breve)

Jasmim da Madeira - Jasminum azoricum (endemismo da Macaronésia)

 

 

Jasmim dos poetas - Jasminum polyanthum

 

 

Lantana - Lantana montevidensis

 

 

 (Foto actualizada em breve)

Lírio rajado - Iris pallida var. Variegata

 

 

 

Lisimáquia - Lysimachia procumbens

 

 

  

Malmequer azul - Felicia ameloide

 

 

Malva - Pelargonium X domesticum

 

Malva - Pelargonium "Cherry" Variegata

 

  

Maracujá "Imperatriz Eugénia" - Passiflora X

  

 

 (Foto actualizada em breve)

Musgo espanhol - Tillandsia usneoides

 

 (Foto actualizada em breve)

Nepeta - Nepeta X faassenii

 

 

 (Foto actualizada em breve)

Oliveira - Olea europea

 

 

 (Foto actualizada em breve)

Orquídea  amor-perfeito -  Miltonia sp.

 

 (Foto actualizada em breve)

Orquídea de Inverno - Coelogyne cristata

 

Orquídea Olho de Boneca - Dendobrium nobile

 

Orquídea  Olho de boneca- Dendobrium "Happiness" X Dendobrium "Golden Blosson"

 

 (Foto actualizada em breve)

Orquídea tigre - Oncidium sp.

 

 (Foto actualizada em breve)

Orquídea - Zygopetalum crinitum

 

 (Foto actualizada em breve)

Orquídea - Cambria sp.

 

 (Foto actualizada em breve)

Orquídea de canela - Lycaste aromatica

 

 (Foto actualizada em breve)

Papiro - Cyperus papyrus

 

 (Foto actualizada em breve)

Passarinhos - Stanhopea sp.

 

 (Foto actualizada em breve)

Pata de elefante - Beaucarnea recurvata

 

Prímula - Primula vulgaris

 

 

 (Foto actualizada em breve)

Rabo de gato - Acalipha reptans

 

Roseira trepadeira - Rosa sp.

 

 

 (Foto actualizada em breve)

Roseira trepadeira - Rosa sp.

 

 (Foto actualizada em breve)

Roseira - Rosa "sabine"

 

 (Foto actualizada em breve)

Roseira - Rosa "miniatura" vermelha


 

 (Foto actualizada em breve)

Trombeteira - Brugmansia suaveolens

 

 

Urze de jardim - Leptospermum scoparium "Ruby Glow"

 

Verbena - Verbena canadensis

 

 

 

Verbena roxa -

 

 

Verbena do Peru - Verbena peruviana

 

 

Vinha virgem - Parthenocissus tricuspidata

 

 

 (Foto actualizada em breve)

Violeta africana - Saintpaulia ionantha

 

 

 

 

Violeta da Austrália - Viola heredacea

 

continua ...

 

publicado por Fátima às 19:20

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 1 de Agosto de 2008

As minhas plantas de fruto

Plantas de fruto

 (Foto actualizada em breve)

Abacateiro - Persea americana

 

Amoreira - Morus nigra (É tão pequenina e já está cheia de flor)


 

 

 

Ameixoeira- Prunus domesticus

 

 

 

Ameixoeira brava - Prunus sp.

 

 

Ananás - Ananas comosus (variedade sem espinhos)

 

 

Ananás - Ananas comosus (variedade com espinhos)

 

 

Anoneira - Annona cherimola

 

 

Araçaleiro amarelo- Psidium cattleyanum

 

 

Bananeira-anã - Musa acuminata Colla

 

 

Bananeira de prata - Musa sp.

 

 

Caramboleira - Averrhoa carambola

 

 

 (Foto actualizada em breve)

Castanheiro - Castanea sativa 

 

 

Cerejeira - Prunus avium

 

Costela de Adão - Monstera deliciosa

 

 

Diospireiro - Dyospiros caki

 

  

 

 

Framboeseiro - Rubus idaeus

 

 

 

Goiabeira - Psidium guajava

 

 

 

 

 

Groselheira negra - Ribes rubrum

 

 


Jabuticabeira - Myrciaria cauliflora (é ainda "bebé e tem três irmãzinhas)

 

 

 

 

Jambeiro - Eugenia jambos

 

  

 

Jambeiro vermelho - Syzygium malaccense (em germinação)

Parece que este caroço vais dar três plantas, pois esta espécie possui sementes poliembriónicas.

 

E esta é a árvore-mãe:

 

 

 

Jambinho roxo - Syzygium paniculatum

 

Lichiazeira - Litchi sinensis

 

 

 

 (Foto actualizada em breve)

Lucúma - Pouteria lucuma

 

 

Macadâmia - Macadamia integrifolia

 

 

 (Foto actualizada em breve)

Macieira - Malus domestica

 

 

 

Macieira de Kei - Dovyalis cafra

 

 

Mandacaru - Cereus peruvianus

 

 

Mangueira - Mangifera indica

 

 

 (Foto actualizada em breve)

Maracujázeiro amarelo - Passiflora edulis f. flavicarpa

 

 

Maracujázeiro banana - Passiflora molissima

 

 

 

Maracujázeiro melão - Passiflora quadrangularis

 

 

 (Foto actualizada em breve)

Maracujázeiro  roxo - Passiflora edulis

 

Maracujázeiro inglês - Passiflora ligularis

 

Nespereira - Eryobotria japonica

 

 

Pereira - Pyrus communis

 

 

Pera-melão - Solanum muricatum

 

 

 

Pitaia - Hylocereus undatus

Na Europa, a pitaia não costuma produz fruto. Provavelmente porque não existem as espécies de morcego polinizadores que as polinizam no seu habitat natural. Vou arranjar mais um exemplar, para ser possível a polinização cruzada, e tentar polinizar artificialmente, a ver se resulta.

 

 

 

Pitangueira - Eugenia uniflora

 

 

 (Foto actualizada em breve)

Romãzeira - Punica granatum

 

Sapota preta - Dyospiros ebenaster

 

 

Tabaibeira - Opuntia tuna

 

 

Tangerineira - Citrus reticulata

 

 

 

 

 

Tomateiro de saco - Physalis peruviana

 

 

 

 

Tomateiro inglês - Solanum betaceum

 

Uveira da serra - Vaccinium padifolium (endemismo da Madeira)

 

 

 (Foto actualizada em breve)

Videira - Vitis vinifera X Vitis americana

 

Continua em construção.

publicado por Fátima às 15:22

link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
Domingo, 24 de Fevereiro de 2008

As minhas plantas aromáticas e "medicinais"


 

Estas são as minhas plantas:

 

Aromáticas/"Medicinais":

 

Abrótano - Artemisia abrotanum

 

Alecrim - Rosmarinus officinalis

 

 

Alecrim rasteiro - Rosmarinus officinalis var. Prostratus

 

 

Alfavaca-cravinho - Ocimum gratissimum

 

 

 (Foto actualizada em breve)

Alfazema - Lavandula dentata var. Linda Ligon

 

Alfazema - Lavandula angustifolia

 

 

Alfazema da Madeira - Lavandula pinnata (espécie endémica da Macaronésia)

 

 

 (Foto actualizada em breve)

Aloés - Aloe vera

 

 

Aneto - Anethum graveolens (semeado há pouco tempo)

 

 

Arbusto gengibre - Iboza riparia

 

 

 

Arruda - Ruta graveolens

 

 

Baldriana -  Valeriana phu

 

 

Boldo miúdo - Plectranthus neochilus

 

 

Borragem - Borago officinalis

 

 

Canela branca - Peperomia galioides

 

 

Cânfora (falsa cânfora) - Artemisia canforata

 

 

Caninha - Cymbopogon citratus

 

 (Foto actualizada em breve)

Cebolinho - Allium schoenoprasum 

 

 (Foto actualizada em breve)

Cerefólio - Anthriscus cerefolium

 

  

Erva anis - Ocimum selloi

 

 

Erva-cidreira - Melissa officinalis

 

 

Erva cidreira do Brasil - Lippia alba

 

 

Erva gigante - Acanthus mollis

 

 

Estévia - Stevia rebaudiana

 

 

Estragão - Artemisia dracunculus

 

 

 (Foto actualizada em breve)

Eucalipto - Eucalyptus globulus

 

 

Eucalipto- limão - Eucalyptus citridora

 

 

Falso boldo - Coleus barbatus

 

 


Filipêndula - Filipendula vulgaris

 

 

Funcho doce - Foeniculum vulgare var. dulce

 

 

Funcho Púrpura - Foeniculum vulgare var. purpureum

 

 

Hisópio - Micromeria varia ssp. thymoides (subespécie endémica da Madeira)

 

 

Hissopo - Hissopus officinalis

 

 

Hortelã - Mentha longifolia

 

 

 (Foto actualizada em breve)

Hortelã branca - Mentha rotundifolia

 

 

 (Foto actualizada em breve)

Hortelã de cabra - Cedronella canariensis (espécie endémica da Macaronésia)

 

 

 

Hortelã da ribeira - Mentha cervina

 

Hortelã maçã - Mentha suaveolens var. variegata

 

Hortelã pimenta - Mentha piperita

 

 

 (Foto actualizada em breve)

Hortelã-mentol - Mentha sp.

 

 

Incenso bastardo - Plectranthus coleoides

 

 

 (Foto actualizada em breve)

Jervão - Verbena rigida

 

Losna - Artemisia argentea (endémica da Madeira)

www.uma.pt/biopolis/planta.php

 

 

Loureiro - Laurus novocanariensis

www.uma.pt/biopolis/planta.php

 

 

 

Macela - Matricaria aurea

 

 

Macelão - Achillea ageratum

 

Malva de cheiro - Pelargonium sp. "Lady of Plymonth"

 

 (Foto actualizada em breve)

Malva de incenso - Pelargonium quercifolium

 

 

 (Foto actualizada em breve)

Malva-hortelã - Pelargonium odorantissimum

 

 

Malva-limão - Pelargonium crispum

 

 

 (Foto actualizada em breve)

Malva maçã - Pelargonium odoratissimum

 

 

Malva de mentol - Pelargonium tomentosum

 

 

Malva-rosa - Pelargonium graveolens

 

 (Foto actualizada em breve)

Malva rosa-limão - Pelargonium vitifolium

 

Malva noz-moscada - Pelargonium fragrans   

 

                                        

Mangericão - Ocimum basilicum

 

 

Manjerona - Origanum majorana

 

 

Maravilhas - Calendula officinalis

 

 

Matricária - Tanacetum parthenium

 

 

Matricária- Tanacetum parthenium "Snowball"

 

 

 

Mentastro - Mentha suaveolens

 

 

 (Foto actualizada em breve)

Morangueiro - Fragaria sp.

 

Morangueiro bravo - Fragaria vesca

 

Milfólio - Achillea millefolium

 

 

Milfólio rosa - Achillea millefolium var. rosea

 

Nêveda - Calamintha nepeta ssp. sylvativa

 

 

 

Nêveda dos gatos - Nepeta cataria

 

 

Oregão - Origanum vulgare ssp. virens

 

Perpétua das areias - Helichrysum italicum

 

Pessegueiro inglês - Aloysia triphylla

 

Planta do Vick - Plectranthus tomentosa

 

 

 (Foto actualizada em breve)

Pimenta malagueta - Capsicum chinense (julgo que a variedade Raja chili)


 

 

 (Foto actualizada em breve)

Pimenta rocoto - Capsicum pubescens (já germinaram, mas ainda estão pequeninas) 

Estas pimentas são diabolicamente picantes e por isso costumo chamá-las "pimentas do Inferno".

Mas também, carnudas, vermelho escuro forte e com sementes pretas, o que poderíamos esperar?

 

Pimpinela - Sanguissorba minor

 

 

Poejo - Mentha pulegium

 

 

Pulmonaria - Pulmonaria officinalis

Como o Inverno foi rigoroso (mesmo cá na Madeira) e os caracóis adoram-na, a pulmonária está um pouco feia, mas pela primeira vez está a florir.

 

 


Quebra-panela - Bystropogon punctatus (espécie endémica da ilha da Madeira)

 

 

Rosmaninho - Lavandula stoechas

 

 

Sabugueiro - Sambucus lanceolata (espécie endémica da Madeira)

www.uma.pt/biopolis/planta.php 

 

 

 (Foto actualizada em breve)

Salsa - Petroselinum crispum

 

 

 

 (Foto actualizada em breve)

Salva - Salvia officinalis

 

Salva - Salvia officinalis var. Icterina

 

Salva-ananás - Salvia rutilans

 

 

 

Segurelha - Thymus vulgaris

 

Segurelha (a verdadeira) - Satureja hortensis

 

 (Foto actualizada em breve)

Segurelha - Satureja montana

 

Tanaceto - Tanacetum vulgare var. crispum

 

Tomilho-limão - Thymus citridora

 

 

Tomilho-limão - Thymus citriodora var. variegata

 

 

 

Continua em construção, especialmente no que diz respeito a fotografias e respectivas actualizações....

 

 

publicado por Fátima às 18:33

link do post | comentar | ver comentários (28) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Plantas à venda para anga...

. As rosas

. O jardim

. Frutos de fim de Inverno

. A sedução da Primavera

. As minhas plantas ornamen...

. As minhas plantas de frut...

. As minhas plantas aromáti...

.arquivos

. Maio 2013

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Agosto 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds